O Policiamento de Meio Ambiente da Polícia Militar de Minas Gerais recebeu denúncias relatando a situação de maus-tratos a um cão, em um imóvel localizado no bairro Quartéis, em Formiga.

Diante das informações, nessa quinta-feira (13), os militares da Sétima Companhia de Polícia Militar de Meio Ambiente, por meio do Segundo Pelotão com sede em Formiga, efetuaram uma vistoria no imóvel indicado na denúncia, referente ao crime de maus tratos sofridos por cão da raça american pit bull terrier, praticado por seu tutor/proprietário.

No local, a equipe foi recebida pelo jovem de 30 anos, que, após ser informado a respeito da denúncia, autorizou entrada no domicílio, tendo ele direcionado a equipe ao quintal da referida residência.

De acordo com a polícia, foi constatado a existência de três cães, sendo eles um da raça pit bull e outros dois de raça indefinida.

Foi observado que o pit bull possuía uma grande ferida no quarto traseiro, bem como baixo escore corporal. O ambiente onde os animais eram mantidos não estava higienizado, havendo grande acúmulo de fezes.

Diante do apurado, o indivíduo foi autuado administrativamente, bem como, foi dado voz de prisão em flagrante delito, sendo cientificado de seus direitos constitucionais e, conduzido à Delegacia de Polícia Civil.

Uma equipe do Codevida, composta pelas médicas veterinárias responsáveis, compareceram ao local, onde confirmaram a prática de crime de maus-tratos e orientado os demais moradores do imóvel a providenciar adequações para boa saúde do animal.

A Polícia Militar conta com o apoio da população com intuito de identificar autores de crimes ambientais nos municípios da região, repassando as informações para o 2º Pelotão PM de Meio Ambiente, por meio do telefone (37) 3322-1454.

Fonte: Polícia Militar de Meio Ambiente

Foto: Polícia de Meio Ambiente/divulgação

Foto: Polícia de Meio Ambiente/divulgação

Foto: Polícia de Meio Ambiente/divulgação

Foto: Polícia de Meio Ambiente/divulgação

Foto: Polícia de Meio Ambiente/divulgação

Foto: Polícia de Meio Ambiente/divulgação

Foto: Polícia de Meio Ambiente/divulgação

Foto: Polícia de Meio Ambiente/divulgação

COMPATILHAR: