Um homem foi jogado do viaduto Plácido Teixeira de Rezende, localizado no Bairro Brasília, em Arcos, na sexta-feira (17). A vítima, identificada como Vantuil Luís Goulart, de 45 de anos, foi levada ao Pronto Socorro Municipal em estado grave. Quatro homens com idades entre 32 e 45 anos, foram presos, suspeitos de terem participado da tentativa de homicídio.
Vantuil Luís Goulart caiu de uma altura de mais de 5 metros, próximo aos trilhos da linha férrea, após ser agredido. De acordo com informações da Polícia Militar, ele e os 4 suspeitos estavam embriagados. Um dos suspeitos contou aos militares que ele e Vantuil Goulart estavam em sua casa, onde comeram e consumiram bebida alcoólica.
A vítima teria saído da residência levando um litro de pinga que não era dele. Por esse motivo, o dono da bebida teria ido atrás da vítima até a esquina da Avenida JK, onde o arrastou para um vão entre a mureta de proteção do viaduto e a parede da construção ao lado. Segundo os militares, um dos suspeitos tinha um bastão de madeira que pretendia usar para continuar agredindo a vítima.
Um homem passou no local, momentos após o crime. Segundo ele, dois homens observavam Vantuil caído próximo à linha férrea e disseram que eles haviam jogado a vítima de cima do viaduto, e que ela devia estar morta.
A vítima foi socorrida por uma ambulância do Pronto Socorro Municipal. De acordo com a PM, o médico de plantão disse que Vantuil teve um Trauma Crânio Encefálico Gravíssimo. O serviço de transporte aéreo do Corpo de Bombeiros de Belo Horizonte foi acionado e se prontificou a ir a Arcos para transferir a vítima para o Hospital Joao XXIII.
Vantuil Luis Goulart foi submetido a uma cirurgia neurológica no João XXIII, no domingo (18).
O quadro clínico do paciente era estável quando foi levado para Belo Horizonte. A transferência foi solicitada pelo médico plantonista, João Henrique.

Comentários
COMPATILHAR: