Um homem, de 44 anos, foi preso nesta terça-feira (25) suspeito de cometer “o golpe do mecânico” no estacionamento de supermercado de Pouso Alegre, na região Sul de Minas Gerais. Conforme a Polícia Civil, a prática criminosa constava em retirar a mangueira de combustível de veículos estacionados e, quando o proprietário retornava, encontrava o carro com o líquido inflamável vazando. 

Então, o suspeito se apresentava como mecânico, alertava a vítima sobre o risco e cobrava um valor pelo concerto do que, ele mesmo, havia quebrado. Um dos alvos do golpe chegou a pagar R$ 200 ao homem. 

“A ocorrência foi realizada na noite da última segunda (24), porém o conduzido estava fora de hipótese de flagrante, o que impediu que sua prisão fosse ratificada no momento. Na manhã desta terça, os investigadores da Delegacia de Defraudações, da Regional de Polícia Civil em Pouso Alegre, localizaram o suspeito que foi levado para depor, após as representações e reconhecimento confirmados por três vítimas do golpe”, pontua a entidade em nota à imprensa.

O suspeito está em custódio enquanto diligências para conclusão da ocorrência estão em andamento na cidade. Em testemunho, o homem confessou o crime e alegou que cometia os estelionatos para comprar drogas. Ele informou ser de Campinas, no interior de São Paulo, e que prestava serviço como mecânico em uma empresa na cidade mineira.

Contudo, após ser dispensado, ele resolveu continuar em Pouso Alegre, mas “precisava de mais dinheiro para manter o vício”. “O delegado do caso, Ricardo Maximiano, conduz o Inquérito Policial e representou pela prisão preventiva do homem junto ao Judiciário”, conclui o texto.

Foto: O Tempo

COMPATILHAR: