O homem que foi preso depois de capotar um carro que transportava mais de 100 tabletes de maconha na MG-050, em Passos (MG), na terça-feira (10), ajudou a polícia a encontrar a ossada de um servidor público que estava desaparecido desde janeiro na cidade.

Segundo a Polícia Militar Rodoviária, ao ser preso por causa das drogas, o homem relatou à polícia que durante a fuga, ao entrar no matagal, viu o que seria um corpo.

Ainda conforme a PMR, foram feitas buscas no local, mas nada foi encontrado. Já na tarde desta quarta-feira (10), após autorização da Polícia Civil, o homem voltou ao local com os militares e indicou o local onde os restos mortais estavam, próximo a um córrego.

Conforme a polícia, apenas uma ossada foi encontrada, já que o corpo estava totalmente decomposto. Foram encontrados as roupas e os sapatos que o homem usava no dia e documentos da vítima.

O homem foi identificado como o ex-servidor público José Donizete Ribeiro, de 65 anos. Familiares disseram à polícia que ele estava desaparecido desde janeiro. A ossada foi recolhida e levada para o IML.

 

Capotamento e droga apreendida

O homem preso capotou um carro com mais de 100 tabletes de maconha na manhã de terça-feira (9) na MG-050, em Passos (MG). Ele chegou a fugir, mas foi encontrado horas depois às margens da rodovia, próximo ao pedágio.

Dentro do veículo, a Polícia Militar encontrou 118 tabletes de maconha, um revólver .38 e quatro munições, além de uma que já estava deflagrada.

Após ser preso, a polícia apontou que o homem disse que trazia a droga do Paraguai e seguia para Belo Horizonte, quando capotou o carro.

 

Foto: Hélder Almeida

 

Fonte: G1

 

 

Comentários
COMPATILHAR: