O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) desencadeou uma operação em Formiga, Arcos e Pains, com início na segunda-feira (16) e término nesta sexta-feira (20). O objetivo foi fiscalizar empresas de pneumáticos e criadores de pássaros.
Segundo o chefe do escritório em Lavras, Adriano Garcia, coordenador da Operação Ibama, até o início da tarde de quinta-feira (19), oito renovadoras de pneus em Formiga e Arcos tinham sido fiscalizadas. Nelas, foram encontradas mais de 5 mil carcaças de pneus a céu aberto. Foram lavrados até na quinta-feira quatro autos de infração, totalizando R$230 mil em multas.
O coordenador deu 15 dias de prazo para que os proprietários façam o descarte de forma correta desses pneus. Ele relembrou o fato de Arcos ter tido um caso de dengue hemorrágica este ano e que Formiga foi um dos municípios com maiores índices da doença, enfatizando a importância do descarte correto dos pneumáticos.
Na tarde de quarta-feira (18), foram apreendidos 85 pássaros na casa de um criador em Formiga, sendo alguns pássaros constantes de listas de extinção, além de 24 anilhas adulteradas. A multa foi de R$150 mil.
Outro criador foi multado em R$44 mil na manhã de quinta-feira (19). Com ele, foram apreendidos 68 pássaros. O coordenador da operação explica que eles estavam criando as aves em desacordo com a licença concedida pelo Ibama.
Como explicou Adriano Garcia, trata-se de uma operação de rotina, realizada em várias regiões do Estado. Esta é a segunda ação do Ibama este ano.
Durante a operação, um trailer do Ibama ficou estacionado no posto da Polícia Rodoviária Estadual, na MG-050. A ação contou com quatro viaturas e cerca de 10 agentes.

Comentários