A Escola Municipal Paulo Barbosa foi destaque em manchete do Jornal Estado de Minas no domingo (4) por alcançar e manter a nota 7.8 no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Mas os bons resultados não param por aí. Formiga possui mais três escolas com nota superior a 7: José Honorato de Castro (7,5), Professor Franklin de Carvalho (7,3) e Florêncio Rodrigues Nunes (7,1). Só para se ter uma ideia, países como Estados Unidos, Inglaterra e Suécia, mantém média em torno de 6.

O Ideb é publicado de dois em dois anos e mostra o desempenho de alunos do 5º e do 9º ano do ensino fundamental. Tanto os alunos do 5º ano quanto os do 9º ano superaram as metas previstas para 2013. Os resultados colocam as escolas municipais como referência não apenas em Minas Gerais, mas em todo o Brasil.

Para o secretário municipal de Educação, Geraldo Reginaldo de Oliveira, o bom desempenho, especialmente na Paulo Barbosa, deve-se ao envolvimento da família no processo educacional, à gestão forte e comprometida, à pouca rotatividade na escola e à motivação da equipe. A diretora da Escola Paulo Barbosa, Juliana Teixeira, também ressaltou o empenho de toda a equipe e o entrosamento com a comunidade.

Na Paulo Barbosa, a Prefeitura inaugurou recentemente o Pavilhão da Educação, dando muito mais estrutura para os professores e para os alunos. Na Florêncio Rodrigues Nunes, em Pontevila, está sendo construída uma quadra poliesportiva.

O Ideb

De acordo com o Ministério da Educação, o Ideb é o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, criado em 2007, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), formulado para medir a qualidade do aprendizado nacional e estabelecer metas para a melhoria do ensino.

Ainda segundo o ministério, o Ideb funciona como um indicador nacional que possibilita o monitoramento da qualidade da Educação pela população por meio de dados concretos, com o qual a sociedade pode se mobilizar em busca de melhorias. Para tanto, o Ideb é calculado a partir de dois componentes: a taxa de rendimento escolar (aprovação) e as médias de desempenho nos exames aplicados pelo Inep. Os índices de aprovação são obtidos a partir do Censo Escolar, realizado anualmente.

As médias de desempenho utilizadas são as da Prova Brasil, para escolas e municípios, e do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), para os estados e o país, realizados a cada dois anos. As metas estabelecidas pelo Ideb são diferenciadas para cada escola e rede de ensino, com o objetivo único de alcançar 6 pontos até 2022, média correspondente ao sistema educacional dos países desenvolvidos.

 

 

Redação do Jornal Nova Imprensa Prefeitura de Formiga

Comentários