A partir desta segunda-feira (3), o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começa a depositar o pagamento dos benefícios para os segurados que recebem acima do salário mínimo, ou seja, mais do que R$ 622.
Junto com o depósito da folha referente ao mês de agosto, o INSS vai creditar também o pagamento da primeira parcela do 13º salário. O calendário de pagamentos do mês de agosto segue até o dia 10 de setembro. No próximo dia 7 de setembro, os depósitos serão interrompidos, devido ao feriado da Independência do Brasil.

Quanto ao 13º, de acordo com o Ministério da Previdência Social, ao todo, são 25,3 milhões de benefícios emitidos relativos à primeira parte do abono, o que representa uma injeção de R$ 11,37 bilhões na economia do país. Não é cobrado Imposto de Renda sobre essa antecipação. O imposto será descontado na segunda parcela. Qualquer dúvida em relação às datas de pagamento pode ser esclarecida por meio da Central 135.

Por lei, não têm direito ao 13º salário os seguintes benefícios: amparo previdenciário do trabalhador rural, renda mensal vitalícia, amparo assistencial ao idoso e ao deficiente, auxílio-suplementar por acidente de trabalho, pensão mensal vitalícia, abono de permanência em serviço, vantagem do servidor aposentado pela autarquia empregadora e salário-família.

Comentários
COMPATILHAR: