Pesquisa realizada pelo serviço de processamento de dados do Senado, o Data Senado, revela que a internet tornou-se a segunda principal fonte de informação sobre política do brasileiro. Por isso houve um amplo debate sobre a utilização de sites, blogs e redes de relacionamento durante campanhas eleitorais.
O levantamento foi feito junto a 1.088 pessoas, ouvidas por telefone e comprovou que a TV foi, de longe, o veículo mais usado (67%) como fonte de informação política. A internet está em segundo lugar, com 19% das respostas válidas. O segmento jornais e revistas ficou em terceiro, com 11%. O rádio é o preferido por apenas 4% dos entrevistados.
Cerca de dois em cada três entrevistados (59%) consideram que a rede terá grande impacto nas eleições de 2010, sendo que, entre os cidadãos que usam regularmente sites de notícias e participam de redes sociais, como Orkut e Twitter, por exemplo, esse percentual sobe para 64%.
De acordo com a pesquisa, quase metade dos eleitores ouvidos (46%) acredita que a principal vantagem da internet nas eleições será a troca de informações e ideias entre eleitores.
Para o Data Senado, algumas características dessa nova mídia explicam sua crescente importância na política, como o fato de oferecer dados em tempo real, com vantagem adicional em relação ao rádio e à TV graças à possibilidade de recuperação de notícias e opiniões.

Comentários
COMPATILHAR: