Após ter o carro roubado por um homem, no domingo (28), em Cariacica (ES), a mãe de um garotinho portador de necessidades especiais acabou tendo uma surpresa “agradável”.

Ao perceberem a cadeirinha especial da criança no banco traseiro do veículo, os bandidos decidiram devolver o carro, que trazia um bilhete com pedido de desculpas e, ainda, com direito a tanque cheio de combustível.

“O crime pede perdão. Na hora da tensão não deu pra ver o problema da criança e o carro está sendo devolvido. Tanque cheio!”, dizia o bilhete.

A história da “boa ação” dos criminosos foi divulgada pela jornalista Daniela Carla, da TV Gazeta. Em entrevista ao veículo de imprensa local, Rosineide Almeida Cordeiro, mãe de Kauã, de 4 anos, contou que a cadeirinha custa cerca de R$ 17 mil.

A mulher contou ainda que, na hora do assalto, o filho não estava no equipamento, e sim no colo da irmã dele, uma vez que tinham ido somente em uma lanchonete perto de sua residência. Na hora do assalto, Rosineide só teve tempo de tirar o filho e outra criança do veículo.

“Eu estava entrando na garagem da minha casa quando o bandido me abordou com arma querendo o carro. As crianças estavam dentro, mas ele disse que deixaria as crianças. Sai correndo, abri a porta e tirei os dois. Tive um sentimento de impotência”, contou a vítima para a jornalista.

Como a cadeirinha especial tinha sido uma doação, a mulher passou a divulgar nas redes sociais pedido de ajuda para que o equipamento fosse localizado. No dia seguinte, a mulher foi avisada por uma amiga que o carro estava no bairro Cangaíba.

Fonte: O Tempo

Comentários
COMPATILHAR: