O corpo da menina Bárbara Vitória, de 10 anos, que estava desaparecida desde domingo (31) em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi encontrado em um matagal próximo a um campo de futebol no bairro Pedra Branca, na manhã desta terça-feira (2).

Bárbara tinha sido vista pela última vez no bairro Landi, na Região de Justinópolis. Ela saiu de casa para ir à padaria e não voltou mais.

O corpo foi encontrado por uma estudante. A criança estava amordaçada.

Relembrando

O pai dela, Rogério Flores, contou que Bárbara brincava em frente à casa dela, no bairro Mantiqueira, Região de Venda Nova, em Belo Horizonte, no limite com o município da Grande BH. Era o último dia de férias escolares e, por volta das 17h30, ele pediu que a menina fosse à padaria, que fica a poucas quadras de casa. Ela buscaria pães para o café da família. Um trajeto que, segundo o pai, a criança já tinha o hábito de fazer.

Bárbara saiu de casa, mas não voltou. A demora chamou a atenção da família, que buscou a ajuda das autoridades. Imagens de circuito de segurança mostram a menina enfrentando a fila do caixa da padaria e, depois de ser atendida, guarda o troco em uma bolsa e sai de lá com um saco de pães. Ela chega a se despedir de uma atendente quando o relógio do circuito marca 17h46.

Às 17h55, uma outra câmera registra o momento em que Bárbara desce uma rua, correndo, pelo asfalto. Até então, parecia despretensiosa.

Quase 30 minutos depois, às 18h23, um novo registro. A menina aparece correndo em frente a outro comércio. Um minuto depois, às 18h24, a mesma câmera registra o momento em que dois homens correm na mesma direção em que Bárbara estava. O fato chamou a atenção dos militares.

Segundo a família da criança, um dos rapazes chegou a ser preso nesta segunda-feira (1º), mas foi liberado por falta de provas.

“Fomos em todos os lugares. Tudo passa na cabeça da gente”, afirmou Rogério.

Os pais mobilizaram a vizinhança e as redes sociais na tentativa de localizar a criança.

Fonte: G1

 

Comentários
COMPATILHAR: