Uma criança de três anos ficou presa em uma van escolar por quase cinco horas em Divinópolis. Ela foi esquecida no veículo pelo motorista quando deveria ter ido para a escola.
Segundo a Polícia Militar, na manhã de quarta-feira, por volta de 7h, o homem de 33 anos esteve, como de costume, na casa da menina para levá-la ao Centro de Educação Infantil, localizado no bairro Santa Luzia. A família contratou o serviço de transporte escolar há cerca de um mês. Porém, desta vez, o motorista esqueceu que a criança estava na van e saiu, deixando-a presa. Ele ainda retornou ao veículo por duas vezes para buscar alguma coisa, sem perceber que a criança estava lá.
Só após o término da aula, quando o homem estacionou novamente na porta da escola para buscar as crianças, é que ele percebeu que a menina havia ficado lá. Ela foi encontrada inconsciente e o motorista jogou água no corpo dela e a fez tomar um refresco, para que se reanimasse. A criança acordou e ele a deixou em casa, como faz todos os dias, porém, sem contar à família o que tinha acontecido.
A avó e a mãe da menina estranharam que ela estava com o corpo quente e molhado, além de vermelho. Foi então que a própria criança contou aos familiares o que havia acontecido. Ela foi levada ao Hospital de Pronto-Socorro, mas já está em casa, e passa bem.
O motorista da van foi preso e responderá pelo crime de abandono de incapaz. A polícia investiga se o veículo e o homem eram credenciados e autorizados para o serviço de transporte escolar.

Comentários
COMPATILHAR: