Já foi aberto o Sisu (Sistema de Seleção Unificada), plataforma por meio da qual alunos que fizeram o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) poderão se candidatar a 47,9 mil vagas em universidades públicas e instituições de ensino profissional. A divulgação das notas individuais no Enem já está disponível na plataforma.
O Enem foi reformulado no ano passado. Entre as novidades, está o sistema de cálculo das notas, feito de acordo com a TRI (Teoria de Resposta ao Item), que leva em conta não só a quantidade de acertos, mas também o grau de dificuldade das questões. O sistema é complexo. Um aluno que acertar menos questões pode ter mais pontos que um estudante que for melhor.
A explicação desse modelo estatístico não é nada fácil de compreender. O cálculo da nota passa, primeiramente, por um sistema de pesos das questões. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep/MEC), responsável pela elaboração e correção do Enem, as perguntas foram agrupadas por grau de dificuldade, em três conjuntos ? fáceis médias e difíceis. E as questões mais complicadas valem mais pontos que as demais.
Mas a complexidade da TRI não se resume à escala de pesos. De acordo com o Inep/MEC, o modelo estatístico permite calcular o comportamento de cada questão. Ou seja, é possível supor quando o aluno está chutando a resposta de uma determinada pergunta, levando em conta o que assinalou em outra questão. É uma dinâmica de erros e acertos que possibilita traçar o perfil de quem faz a prova. Seguindo este raciocínio, se o aluno vai bem nas perguntas mais difíceis, ele deve, necessariamente, ter acertado muitas questões fáceis. Caso contrário, o sistema entende que ele chutou a resposta difícil.
Segundo o Inep, a aplicação da TRI no exame é uma forma de permitir a comparação das notas do estudante ao longo do tempo. O programa de estatística, criado na década de 1970, já é usado pelo Ministério da Educação em outros exames, como a Prova Brasil. O TRI também é usado por grande parte das universidades dos Estados Unidos, que selecionam alunos pelo teste conhecido como SAT.

COMPATILHAR: