Os operários que trabalham na obra do Mineirão suspenderam a greve e voltaram ao trabalho na manhã desta segunda-feira (20). A decisão foi tomada depois de uma audiência com o Tribunal Regional do Trabalho na sexta-feira (17), quando novas propostas foram feitas ao grupo.
Dentre os benefícios oferecidos, os operários receberão cartão alimentação no valor de R$ 60; aqueles que fazem parte da comissão de representantes terão estabilidade; haverá participação nos lucros e plano de saúde; o reajuste salarial é de R$ 4% linear para todos os empregados.
Em nota, a Secretaria de Estado Extraordinária da Copa do Mundo informou que o acordo foi fechado em audiência de conciliação e instrução no Tribunal Regional do Trabalho, realizada na noite de sexta-feira (17), entre a Minas Arena e os representantes do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção de BH e Região (STIC BH) e o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Pesada de Minas Gerais (Siticop MG).
Os funcionários decidiram cruzar os braços na quarta-feira passada (15) para exigirem melhores condições de trabalho.

Comentários