Alunos de escolas públicas de Pimenta participam nesta quinta-feira (24), das atividades do Esporte da Escola, programa gratuito do Senar Minas (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) que incentiva experiências esportivas para contribuir com o processo de ensino-aprendizagem. O evento ocorre na Escola Estadual Padre José Espíndola, a partir das 7h, com a participação de professores e alunos de outras três escolas do município.
A realização é do Sindicato dos Produtores Rurais de Piumhi. A mobilizadora do sindicato, Darci Garcia de Melo, que organizou o programa em Pimenta, informou que o evento foi um pedido dos educadores do município.
Este é quinto Esporte na Escola realizado pelo sindicato neste ano, sendo três deles em Piumhi e um em Doresópolis. ?Houve uma troca de informações entre os educadores das cidades vizinhas que indicaram o programa. O Esporte na Escola ajuda a melhorar a concentração e amplia o conhecimento por meio da prática esportiva, tornando o aprendizado mais alegre?, afirmou Darci.
A diretora da Escola Padre José Espíndola, Rosalina Tomé Gualberto Macedo, informou que participarão das atividades 12 professores e cerca de 180 alunos com idade entre 12 e 14 anos. Para as atividades, foram convidadas ainda duas escolas municipais e a Apae.
?Gostamos muito desse programa, pois vamos trabalhar a atenção dos alunos com atividades esportivas. Todo adolescente gosta de esportes e, assim, eles ficarão motivados em aprender evitando a evasão escolar?, afirmou a diretora.
O programa Esporte na Escola acontece em apenas um dia com carga horária de 8 horas, sendo a parte matutina voltada para formação dos professores baseada na metodologia ?ensinar através do esporte?, fundamentada na proposta da Escola da Bola.
No período vespertino, professores aplicam diretamente a metodologia com seus alunos e ensinam a matemática, o português, a geografia através do esporte. São trabalhados jogo da velha, queimada inteligente e perceptiva, jogo das correntes, soma três, dentre outras atividades.
O instrutor do curso, o educador físico Erick Godinho informou que as aulas são mais atrativas porque abordam competências cognitivas, afetivas e psicomotoras que podem ser trabalhadas dentro e fora da sala de aula. Dentre os benefícios para professores e alunos, estão melhora do raciocínio, maior rapidez na resolução de problemas, dinamismo e interatividade.

Comentários
COMPATILHAR: