Uma mulher de 37 anos foi morta por asfixia neste fim de semana no Bairro Caixa D’água, em Luz. Segundo informações repassadas pela Polícia Militar (PM), o corpo da vítima foi encontrado neste domingo (8). O suspeito, de 34 anos, é ex-companheiro dela e foi preso em São Gonçalo do Pará.

Os militares disseram que ainda não é possível saber o dia em que a mulher foi assassinada. A PM explicou que a família sentiu falta da vítima durante o fim de semana e, no domingo, os parentes decidiram arrombar a casa onde ela morava. O corpo foi encontrado no quarto, sobre a cama.

A perícia da Polícia Civil foi acionada para identificar as causas da morte. No entanto, o próprio suspeito do crime, preso no domingo (8), deu detalhes à polícia sobre a morte por asfixia.

O homem preso foi levado para a delegacia de Polícia Civil em Pará de Minas, onde aguarda à disposição da Justiça. A PM disse que o ele já tinha passagens por violência doméstica contra outra mulher.

 

Fonte: Matéria do G1||https://g1.globo.com/economia/imposto-de-renda/2019/noticia/2019/12/09/700221-contribuintes-estao-na-malha-fina-do-imposto-de-renda-diz-receita-federal.ghtml
Comentários