Em Pitangui e Conceição do Pará, a Polícia Civil deflagrou, na manhã desta quarta-feira (26), a operação Império da Lei, para reprimir crimes contra o patrimônio. No decorrer dos trabalhos policiais, foram cumpridos três mandados de busca e apreensão domiciliar, contra suspeitos de 18 a 20 anos, e um mandado de prisão temporária por crime hediondo, expedido contra um homem de 18 anos. Também foram apreendidos dois celulares

As investigações, conduzidas pelo delegado Douglas Taveira, indicam que os três homens presos são suspeitos de integrar uma associação criminosa que atuava nas cidades de Pitangui e Conceição do Pará. O grupo é investigado pela prática de diversos furtos e roubos de veículos, principalmente motocicletas, assim como pela receptação de peças roubadas e extorsão contra as vítimas.

“Em dois dos casos investigados, ocorridos em 28 de abril e 24 de maio deste ano, dois dos suspeitos, armados com revólveres, teriam rendido as vítimas e subtraído suas motocicletas. As investigações também revelaram que um terceiro indivíduo teria vendido peças de uma das motocicletas roubadas. Em outro caso, um dos suspeitos teria exigido o pagamento de um resgate da vítima após subtrair sua motocicleta”, informou Taveira.

A operação Império da Lei contou com a participação de 12 policiais civis das Delegacias de Pitangui e Nova Serrana, em quatro viaturas. As investigações prosseguem.

Fonte: Polícia Civil

 

COMPATILHAR: