A Polícia Civil realizou nessa quarta (30) e dará continuidade nesta quinta e sexta-feira (31 e 1º) em todas as comarcas que compõem a 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil, com sede em Formiga, a “Operação Preço Justo”, que também aconteceu em todo a área que compõe o 7º DEPPC com sede em Divinópolis.

O objetivo é combater crimes contra a ordem econômica, economia popular e relações de consumo, em razão da greve dos caminhoneiros que deixou a população sem combustível no país.

Cerca de 20 investigadores de polícia e quatro delegados se dividiram em equipes e percorreram todos os postos de combustíveis e outros estabelecimentos comerciais, a fim de orientar comerciantes e consumidores e verificar a possível prática de ilegalidades em virtude dos acontecimentos, principalmente preços abusivos e outras práticas lesando os cidadãos e a administração pública.
As ações ocorreram nas comarcas de Formiga, Arcos, Itapecerica, Iguatama e Bambuí. Primeiramente os postos de combustíveis foram visitados, verificando- se a existência de mercadoria em estoque e qual o preço praticado, bem como se havia preferência para o abastecimento.

Também foram visitados e fiscalizados outros estabelecimentos comerciais, como supermercados, frigoríficos e revendedores de gás de cozinha, com a mesma finalidade.

A Polícia Civil informou que os trabalhos vão continuar e que as equipes estarão nas ruas até que a situação seja normalizada, o que também ocorrerá em todo o estado conforme determinação da Superintendência de Investigações e Polícia Judiciária da PCMG.
A operação foi coordenada pelo delegado Regional Irineu Coelho com o apoio dos delegados Luciana, Cláudia e Elmer, e equipes de investigadores de polícia.

(Fotos: divulgação Polícia Civil)

 

Fonte: Polícia Civil||

Comentários
COMPATILHAR: