O autor dos disparos feitos em  frente ao Pronto Atendimento Municipal (PAM), na noite de domingo (13) já está apreendido juntamente com a arma utilizada no crime. O suspeito, que já é conhecido no meio policial por assassinato foi encontrado na rua José Francino, após diligências da Polícia Militar que estava em busca dos autores dos disparos de arma de fogo na madrugada de sábado em uma festa e no domingo a noite, na entrada do PAM.  

Na residência onde o suspeito foi encontrado, estavam outros dois homens que possuem passagens pela polícia e também foram presos por associação ao tráfico de drogas e corrupção de menores.

No local, foi encontrada uma pistola calibre 380 com quatro munições intactas. A arma foi usada nos disparos feitos no PAM e provavelmente foi emprestada durante a festa onde foram dados os primeiros disparos que acabaram ferindo três pessoas.

pm prisão

Enterrado aos fundos da residência, foram encontrados em uma sacola 20 pinos de cocaína e sete torrões (138 gramas) de maconha.

A equipe que esteve à frente da operação foi o tenente Marcos, sargento Carlos Alberto, soldado Marco Leal e o aspirante Cristian Veloso.

Nos disparos realizados em frente ao PAM, duas pessoas ficaram feridas, uma em estado grave.

 

 

Redação do Jornal Nova Imprensa

Comentários