A Associação dos Delegados de Polícia do Brasil (Adepol) confirmou a paralisação de policiais civis de 12 estados e do Distrito Federal, marcada para esta quarta-feira. Os profissionais vão suspender as atividades entre as 14h e 16h, com o objetivo de chamar a atenção para as reivindicações da categoria e em apoio à greve dos policiais civis de São Paulo.
Dentre as principais reivindicações está a aprovação da Lei Geral de Polícia e a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) n° 549 , que visa a inserir os delegados de polícia na carreira jurídica e prevê aumento do piso salarial. As duas propostas tramitam no Congresso Nacional.
Até o momento, confirmaram a paralisação os policiais civis de Santa Catarina, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Sergipe, Pernambuco, Alagoas, Roraima, do Paraná, Rio Grande do Norte, Maranhão e da Bahia, além do DF.
Segundo o presidente da Adepol, Carlos Benito Jorge, cada estado vai determinar que serviços deixarão de funcionar durante o período de paralisação, mas casos graves e flagrantes serão atendidos.

Comentários
COMPATILHAR: