Na madrugada de domingo, por volta de 1h30, a Polícia Militar recebeu uma dezena de ligações que denunciavam o excesso de barulho em uma loja de conveniências localizada em um posto de combustíveis na Avenida Brasil, causado por som automotivo.
Ao chegar ao local, os policiais visualizaram um Fiat Palio azul placa GWS-1380 com a tampa do porta-malas aberto e com o som em alto volume.
As pessoas que estavam perto do automóvel, ao perceberem a aproximação dos policiais desligaram o som e ninguém se apresentou como proprietário do veículo. Com isso, foi providenciada a sua remoção.
Com a chegada do reboque, o proprietário do carro, 21 anos se exaltou e jogou uma lata de cerveja contra o condutor do guincho, sendo contido pelos policiais.
Momento em que o indivíduo, juntamente com sua namorada, uma adolescente de 17 anos e a mãe da menor, começaram a desacatar os policiais com palavras de baixo calão e dizendo ainda que ?nenhum polícia de merda pode colocar a mão em mim?, como consta do BO, sem identificar o autor da frase.
Durante o atendimento da ocorrência, um dos frequentadores tentou danificar a placa traseira da viatura. Todos os envolvidos foram conduzidos à Delegacia de Polícia da cidade, onde foram ouvidos e liberados. O automóvel Fiat Palio foi apreendido e removido.

Comentários