Redação Últimas Notícias 

A greve dos caminhoneiros que atinge 25 estados e o Distrito Federal chegou , nesta quinta-feira (24), ao quarto dia. Devido à paralisação Formiga já sente os impactos da escassez de determinados produtos, dentre eles os combustíveis.

Nessa quarta-feira (23), com medo de ficarem desabastecidos, os motoristas correram para os postos de combustíveis para abastecer os veículos. Enormes filas se formaram em diversos estabelecimentos.

O Última Notícias entrou em contato nesta quinta-feira com diversos postos da cidade e apenas no Posto Santa Cruz, localizado na rodovia MG-050, ainda há etanol e gasolina premium. Nos estabelecimentos Posto 2 mil, Planalto, São Vicente e Formigão (Chaparral),  há apenas diesel e nos outros os estoques já se esgotaram.

De acordo com um funcionário de um dos estabelecimentos, mesmo se a greve terminar hoje a situação na cidade só deverá se normalizar no início da próxima semana.

 

Comentários