Novos governadores e o presidente da república que foram eleitos no pleito de 2022 já tomaram posse, mas nem todas as obrigações envolvendo as eleições acabaram. Quem não compareceu às urnas deve justificar a ausência até essa segunda-feira (9). Como no Brasil o voto é obrigatório para adultos entre 18 e 59 anos, é preciso cumprir com a obrigação eleitoral.

Para justificar a ausência nas eleições, basta escolher uma das opções:

  • Aplicativo e-Título, que pode ser baixado nas plataformas Android e iOS;
  • Sistema Justifica, que pode ser acessado nos Portais da Justiça Eleitoral;
  • Formulário Requerimento de Justificativa Eleitoral, que deve ser apresentado preenchido nas mesas receptoras de votos ou de justificativas instaladas para essa finalidade nos locais divulgados pelos Tribunais Regionais Eleitorais e pelos Cartórios Eleitorais.

O TSE permite ainda a entrega do Requerimento de Justificativa Eleitoral em qualquer cartório eleitoral ou enviá-lo via Correios à autoridade judiciária da zona eleitoral responsável pelo título. Este requerimento é diferente daquele preenchido no dia da eleição.

A justificativa é necessária para quem faltou a um dos dois turnos ou a ambos. Cada justificativa é válida somente para uma etapa de votação ao qual a pessoa não tenha comparecido por estar fora de seu domicílio eleitoral. Assim, caso tenha deixado de votar no primeiro e no segundo turno da eleição, é preciso justificar duas vezes.

No caso de quem não justifica a ausência nos dias da votação, deve ser paga multa de R$ 3,51 por cada turno de eleição.

Nesses casos, o eleitor deve consultar seus débitos e emitir uma Guia de Recolhimento da União (GRU) para efetuar o pagamento da multa (via boleto), de Pix ou de cartão de crédito.

A votação do primeiro turno registrou a maior abstenção da história de um primeiro turno, com 20,9%. Na ocasião, cerca de 32,7 milhões dos 156 milhões de eleitores aptos não foram às suas seções eleitorais. No segundo turno da da disputa, 18,99% dos eleitores deixaram de votar. Foi a primeira vez que a participação na etapa final foi menor do que no primeiro turno.

Fonte: G1

COMPATILHAR: