Depois de três meses de alta, os preços do carro zero caíram em julho, interrompendo o processo de reposição do IPI. De abril a julho, o carro subiu menos da metade dos 5% previstos.
Foram 2,07% de aumento, conforme estudo AutoInforme/Molicar. No mês passado, a tendência se inverteu, com os preços caindo 0,68%. De janeiro a julho, o preço acumula uma alta de 2,68%. O último registro de queda de preço ocorreu em outubro do ano passado, com redução de 0,01% em relação a setembro. No mês anterior, agosto, os preços caíram 0,26%.
Os carros da Volks e da Ford tiveram queda de preço acima da média em julho. A Volks caiu 1,49% e a Ford, 1,24%. A Fiat teve uma pequena queda (0,08%), mesmo assim caiu mais que a média. Mas, no caso da General Motors (GM), os carros ficaram 0,15% mais caros em julho. A marca que mais aumentou os preços foi a Agrale, com 2,69%; e os preços que mais caíram foram os da Lexus, com queda de 4,79%.

Comentários