Representantes de cerca de 500 cidades mineiras se reuniram nesta sexta-feira (2), na Cidade Administrativa, sede do governo estadual. A mobilização, organizada pela Associação Mineira de Municípios (AMM), tem como objetivo pressionar o governador Fernando Pimentel (PT) a quitar débitos que a administração estadual tem com as cidades. Pelas contas da entidade, o Estado deve, ao todo, R$ 3,6 bilhões para os 853 municípios de Minas.

De acordo com o presidente da AMM e prefeito de Moema, Julvan Lacerda (MDB), em reunião na noite de ontem com o secretário de Governo, Odair Cunha, e com o secretário da Fazenda, José Afonso Bicalho, no Palácio da Liberdade, o Estado apresentou uma proposta para regularizar as dívidas com as administrações municipais.

O governo divulgou a proposta por meio de nota. A administração estadual propôs que o fluxo de repasses do IPVA aos municípios seja feito de forma automática a partir da próxima semana. E, segundo Julvan, o passivo atrasado vai ser quitado em 90 dias.

O Estado propôs ainda que as transferências de ICMS, que estão em dia, passarão a acontecer de forma automática. Em relação ao transporte escolar, o Governo de Minas Gerais propõe quitar os valores até o dia 19 de fevereiro.

Não consta no texto uma medida para solucionar os débitos na área da saúde.

Formiga 
O prefeito Eugênio Vilela e o chefe do Departamento de Comunicação, Sandro Figueiredo estiveram no evento. Da Câmara de Formiga participaram da manifestação os vereadores Wilse Marques, Evandro Donizeth da Cunha (Piruca), Rogério Oliveira, Mauro César e o assessor de Comunicação da Casa, Eduardo Lacerda.

 

Fonte: O Tempo||http://www.otempo.com.br/capa/pol%C3%ADtica/prefeitos-de-500-cidades-mineiras-pressionam-pimentel-por-repasses-1.1569705

Comentários