A Prefeitura de Belo Horizonte confirmou nesta sexta-feira (19) o primeiro caso de varíola dos macacos em um idoso. O paciente tem 61 anos.

Segundo a Prefeitura, a capital tem 106 casos confirmados da doença e um óbito. Os pacientes são do sexo masculino, com idade entre 22 e 61 anos.

Todos eles e os contactantes são acompanhados pelo Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS), que também monitora os casos suspeitos da doença.

A varíola dos macacos pode ser transmitida por meio de contato com fluidos corporais, secreções respiratórias, lesões na pele ou mucosas de pessoas infectadas.

A contaminação pode acontecer no compartilhamento de toalhas, roupas de cama e utensílios domésticos contaminados.

Os sintomas mais comuns observados são: febre, dores musculares, dores de cabeça, fadiga e lesões na pele.

Números em Minas

De acordo com dados divulgados nesta sexta-feira pela Secretaria do Estado de Saúde, Minas Gerais tem 174 confirmados da doença por exames realizados pela Fundação Ezequiel Dias (Funed). Foram descartados 372 casos e outros 574 seguem em investigação.

Fonte: G1

 

Comentários
COMPATILHAR: