O dia Mundial do Orgulho LGBT foi celebrado de maneira histórica no Brasil. Foi realizado na manhã desta terça-feira (28), no interior de São Paulo, o primeiro casamento homossexual reconhecido pela Justiça.
O enlace de Luiz André de Sousa Moresi e José Sérgio Sousa Moresi teve certidão de casamento, aliança, beijos e até noivo atrasado, como manda o figurino.
A união ocorre quase dois meses depois da decisão do STF, que reconheceu, no dia 5 de maio, as uniões estáveis de homossexuais.
A cerimônia foi acompanhada por parentes, amigos e integrantes do movimento LGBT e oficializada por Marcelo Salaroli de Oliveira, oficial de registro civil de Jacareí.
Luiz André e Sérgio se casaram em regime de comunhão parcial de bens. A união é consequência da decisão do juiz Fernando Henrique Pinto, da 2ª Vara da Família e das Sucessões da cidade, que converteu a união estável deles em casamento.

Comentários