Por meio de um levantamento feito pelo Ministério da Justiça e Secretaria de Direito Econômico foi revelado que, no ano de 2010, foram registradas 11.843 reclamações sobre os convênios de saúde nos Procons do Brasil.

As cinco operadoras que sofreram mais reclamações foram Unimed, SulAmérica, Amil, Samcil e Golden Cross. Os dados, entretanto, não levam em conta o número de clientes de cada empresa. Estima-se que, em dezembro do ano passado, os convênios tenham somado 44,8 milhões de beneficiários no país.

Além do reajuste e a cobertura, clientes também reclamaram da demora para marcar consultas e descredenciamento de médicos e de hospitais.

Comentários
COMPATILHAR: