Na manhã do último dia 19, a professora Margarita Torres, juntamente com a aluna Darlene Aparecida Gonzaga, do quinto período de Letras, visitaram a Escola Estadual Tonico Leite, a Escola Estadual Abílio Machado e a agência de turismo Izatur, em Formiga/MG.

Na oportunidade, as representantes do UNIFOR-MG apresentaram o informativo Recaderos de Letras, produzido todo em espanhol e editado pelos alunos do quinto período de Letras, habilitação Português/Espanhol. A atividade foi feita com o objetivo de aproximar a acadêmica do cotidiano escolar e divulgar a Língua Espanhola.

Para Margarita, o encontro com os estudantes e a visita à agência foram muito importantes. ?As primeiras visitas que fizemos às escolas foram um sucesso! Fomos muito bem recebidas pelos diretores, professores e alunos. Por isso, continuamos com a divulgação. Este contato proporcionou um maior conhecimento da Língua Espanhola e interesse, por parte dos alunos, em participarem da próxima edição do jornal. Nas salas de aula, vivenciamos momentos de descontração, quando os estudantes leram os artigos publicados e questionaram sobre os falsos cognatos, que deixam o brasileiro em dúvida durante a tradução de um texto. Na agência de turismo, tivemos contato com formiguenses que pretendem viajar pela América Latina e se prontificaram a enviar depoimentos sobre a viagem, para serem publicados no informativo. Dessa forma, ficamos mais próximos da comunidade, levando e recebendo conhecimentos essenciais para o crescimento intelectual e cultural, tanto para o aluno do curso de Letras quanto para a sociedade?, explica.

Informativo
Desde o ano passado, juntamente com os acadêmicos, a professora produz o informativo, que já está na segunda edição. A idéia foi dada durante a aula da disciplina Língua Espanhola e todos aprovaram. Os próprios alunos selecionaram o nome do jornal e, durante o desenvolvimento do trabalho, sentiram-se motivados a escrever e perceberam o quanto a atividade contribuiu para o desenvolvimento da escrita e para o conhecimento da cultura espanhola e dos países da América Latina.

Comentários