Morreu nessa quinta-feira (22), o radialista e empresário Cléber Augusto Perpetuo Bicalho, de 54 anos, vítima de “choque cardiogênico”.

De acordo com informações do jornal ‘O Pergaminho’, querido e muito conhecido na cidade pelo seu carisma e pela sua alegria, ele era proprietário da Marmoraria Belas Arts, no bairro Engenho de Serra, e sócio do comunicador Sandro Figueiredo no projeto “Circulando TV”, onde atuava na produção e também em reportagens.

Cléber sofria da síndrome do intestino curto e estava há seis meses em tratamento. De acordo com Sandro Figueiredo, o radialista passou por seis cirurgias em Formiga e, com a evolução do problema, foi transferido para o Hospital das Clínicas, em Belo Horizonte.

Uma vaquinha virtual para custear o tratamento do formiguense chegou a ser criada e compartilhada nas redes sociais.

Por muitos anos, Cleber foi radialista da “Divinal FM” e da “Líder FM”, tendo participado de outros projetos, como Rádio Natal, Grande Gincana de Formiga, Festa Brega e Sábado na Praça. Era graduado em Turismo e Direito.

O radialista foi velado e sepultado nesta sexta-feira (23), no Cemitério do Bonfim, em Belo Horizonte.

Fonte: O Pergaminho

Comentários
COMPATILHAR: