Na última sexta-feira (13), a operação denominada ?Sexta-feira 13? contou com a participação de 20 policiais militares e quatro comissários de menor, que fizeram mandado de busca e apreensão em seis estabelecimentos em Formiga, nas ruas Barão de Piunhi, Teixeira Soares, Benjamim Guimarães, Nossa Senhora da Abadia e na rodovia MG-050. Quatro estagiários do curso de direito do Unifor-MG também participaram da ação.
A operação foi comandada pelo tenente Simões, pelo sargento Israel Antônio e pelo presidente do comissariado, José Lopes do Couto Filho. Uma reunião entre os responsáveis foi realizada na 13ª Companhia Independente da Polícia Militar para definir as ações.
Durante a operação, uma menor de idade, de 17 anos, e o proprietário de um dos estabelecimentos foram encaminhados até o Fórum Magalhães Pinto. O juiz da Vara da Infância e Juventude, Richard Fernando da Silva, instaurou inquérito por corrupção de menores. A menor foi entregue à sua irmã.
À noite, a operação teve continuidade no Terminal Rodoviário. No local, foram apreendidos três menores de idade que estavam, após as 22h, desacompanhados pelos pais. De acordo com presidente do Comissariado de Menor, José Lopes do Couto Filho, foi dada voz de prisão a uma ?ambulante?, que estava vendendo bebidas alcoólicas a menores de idade.
?Outras operações serão realizadas para coibir a prostituição infantil e venda de bebidas alcoólicas a menores. Aproveitamos a oportunidade para alertar os pais, de que os menores que estiverem na rua, após as 22h, desacompanhados pelos seus responsáveis, serão conduzidos à Delegacia de Polícia e somente liberados com a presença de seus responsáveis?, explicou José Lopes.
O comissário vem sendo solicitado em colégios devido à suspeita de uso de tóxicos por alunos nos estabelecimentos. José Lopes contou ainda que ?já se encontra em poder do comissariado, uma ocorrência de um colégio que tem sido alvo de traficantes. Iniciaremos palestras proferidas pela comissária e psicóloga Núbia Dias Lopes?. Os interessados devem fazer solicitações ao presidente do comissariado pelos telefones 3321-7208 ou 9956-9090.

Comentários