Saiba como armazenar a água da chuva corretamente para reaproveitá-la

Economia de água é fundamental para a sociedade, mas é preciso cuidado para evitar problemas de saúde e em alguns casos o uso do purificador de água é recomendado.

COMPATILHAR:

Economia de água é fundamental para a sociedade, mas é preciso cuidado para evitar problemas de saúde e em alguns casos o uso do purificador de água é recomendado.

Os moradores da região Sudeste do Brasil têm sofrido com os baixos níveis dos principais reservatórios, trazendo a preocupação de um racionamento e medidas preventivas, como o aumento da taxa de água e a redução da pressão em horários determinados, como já acontece em São Paulo.
Hoje é recomendada a reutilização da água para as descargas ou lavagem do quintal, além de armazenar a água que vem da chuva ou outros meios, como o banho. Mas o armazenamento deve ser feito de forma adequada para evitar problemas de mau cheiro ou até mesmo de saúde, como o recente surto de dengue no país.
Mantenha as embalagens fechadas – Seja para evitar que o mosquito da dengue encontre as condições ideias para depositar os ovos ou para manter a água livre de impurezas, é importante que o recipiente em que a substância foi armazenada esteja bem fechado. Isso trará mais segurança para as pessoas que vivem na região ou consumem a mesma água, além de evitar que o líquido seja desperdiçado.
Cuidado para não acumular lodo – Ao ficar muito tempo guardada ou exposta ao sol ou outras fontes de luz, é normal que na parede do recipiente comece a se formar uma camada de lodo. É possível, inclusive, que essa água tenha mau cheiro depois de um tempo, ficando completamente imprópria para qualquer tipo de consumo, se não for tratada adequadamente.
Trate a água antes do consumo – Nem toda água é adequada para consumo ou, pelo menos, para o consumo imediato. Por isso, é importante tratá-la. Em alguns casos, colocar uma pequena quantidade de cloro ou água sanitária é uma das maneiras de eliminar os microrganismos que poderiam fazer mal ou se proliferar. No entanto, o mais adequado é utilizar um purificador de água.
Para quem mora em apartamento – Para quem mora em apartamento, é importante ficar atento ao peso extra que o recipiente de captação da água, como o galão, pode trazer. Nesses casos, informe ao síndico do prédio ou responsável, sobre a quantidade de água armazenada, pois a estrutura do imóvel pode ficar abalada.
Apesar da leve melhoria nos níveis de água na região Sudeste, os consumidores devem ficar atentos e seguir com a economia para preservar esse bem fundamental para a vida e evitar mais problemas como os enfrentados recentemente.

Comentários
COMPATILHAR:

Sobre o autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Saiba como armazenar a água da chuva corretamente para reaproveitá-la

Economia de água é fundamental para a sociedade, mas é preciso cuidado para evitar problemas de saúde e em alguns casos o uso do purificador de água é recomendado.

COMPATILHAR:

Economia de água é fundamental para a sociedade, mas é preciso cuidado para evitar problemas de saúde e em alguns casos o uso do purificador de água é recomendado.

Os moradores da região Sudeste do Brasil têm sofrido com os baixos níveis dos principais reservatórios, trazendo a preocupação de um racionamento e medidas preventivas, como o aumento da taxa de água e a redução da pressão em horários determinados, como já acontece em São Paulo.

Hoje é recomendada a reutilização da água para as descargas ou lavagem do quintal, além de armazenar a água que vem da chuva ou outros meios, como o banho. Mas o armazenamento deve ser feito de forma adequada para evitar problemas de mau cheiro ou até mesmo de saúde, como o recente surto de dengue no país.

Mantenha as embalagens fechadas – Seja para evitar que o mosquito da dengue encontre as condições ideias para depositar os ovos ou para manter a água livre de impurezas, é importante que o recipiente em que a substância foi armazenada esteja bem fechado. Isso trará mais segurança para as pessoas que vivem na região ou consumem a mesma água, além de evitar que o líquido seja desperdiçado.

Cuidado para não acumular lodo – Ao ficar muito tempo guardada ou exposta ao sol ou outras fontes de luz, é normal que na parede do recipiente comece a se formar uma camada de lodo. É possível, inclusive, que essa água tenha mau cheiro depois de um tempo, ficando completamente imprópria para qualquer tipo de consumo, se não for tratada adequadamente.

Trate a água antes do consumo – Nem toda água é adequada para consumo ou, pelo menos, para o consumo imediato. Por isso, é importante tratá-la. Em alguns casos, colocar uma pequena quantidade de cloro ou água sanitária é uma das maneiras de eliminar os microrganismos que poderiam fazer mal ou se proliferar. No entanto, o mais adequado é utilizar um purificador de água.

Para quem mora em apartamento – Para quem mora em apartamento, é importante ficar atento ao peso extra que o recipiente de captação da água, como o galão, pode trazer. Nesses casos, informe ao síndico do prédio ou responsável, sobre a quantidade de água armazenada, pois a estrutura do imóvel pode ficar abalada.

Apesar da leve melhoria nos níveis de água na região Sudeste, os consumidores devem ficar atentos e seguir com a economia para preservar esse bem fundamental para a vida e evitar mais problemas como os enfrentados recentemente.

Redação do Jornal Nova Imprensa O Tempo

Comentários
COMPATILHAR:

Sobre o autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.