A Associação dos Magistrados Mineiros (Amagis) inaugurou ontem (13), no Fórum Magalhães Pinto, uma sala para a entidade, com o nome do desembargador José Antonino Baía Borges, vice-presidente da associação. O encontro fez parte da política de interiorização da Amagis, uma das principais características da atual gestão.
Na ocasião, foi feita uma homenagem ao desembargador José Antonino Baía Borges, que recebeu também placas de condecoração do presidente da Câmara Municipal, Reginaldo Henrique dos Santos/PCdoB, e do vereador Mauro César de Souza/PMDB.
Conforme informou a assessoria de comunicação da Amagis, a política de interiorização começou em 2007, quando o juiz Nelson Missias de Morais assumiu a associação e visitou várias comarcas, com o objetivo de discutir problemas enfrentados pela classe e propor soluções, visando uma justiça mais eficaz e cidadã para toda a sociedade.
As idas e vindas da diretoria da Amagis no interior de Minas Gerais têm contribuído para o fortalecimento da Justiça. Exemplo disso é a nova Lei de Organização e Divisão Judiciárias (LODJ), sancionada recentemente pelo governador Aécio Neves, que trouxe diversos benefícios para o Poder Judiciário, inclusive para as comarcas do interior e para os jurisdicionados.
Formiga e região só têm a ganhar com a instalação de uma sala da Amagis nesta comarca, pois muitos benefícios serão acarretados para a população.

COMPATILHAR: