A Central de Regulação do SAMU Centro-Oeste recebeu chamado às 21h33 dessa quinta-feira (7), para atendimento de um ferimento de arma de fogo, na rua Prefeito Paulo Lobato, bairro Chico Miranda, em Lagoa da Prata.

Ao chegar no local, a equipe da Unidade de Suporte Básico (USB) de Lagoa da Prata fez o atendimento de um jovem, de 23 anos. Estava consciente, com ferimentos provenientes de arma de fogo na lombar e abdômen.

Ele recebeu os primeiros atendimentos, foi imobilizado e encaminhado para a Sala Vermelha do Hospital São Carlos, em Lagoa da Prata.

Durante a madrugada, a Unidade de Suporte Avançado (USA) de Oliveira foi empenhada para fazer a transferência deste paciente para a Sala Vermelha do Hospital São Judas Tadeu, em Oliveira.

 

Vingança?

Ainda não foram esclarecidas as circunstâncias do caso. De acordo com publicações veiculadas em redes sociais, o atentado teria sido em resposta a uma agressão sofrida por um parente do(s) suspeitos(es), mais cedo, no centro da cidade.

Segundo informações, dois homens teriam agredido violentamente um rapaz em um posto de gasolina, chegando a quebrar seus braços, inclusive. Primos da vítima teriam praticado o atentado em retaliação à agressão.

A reportagem contatou a Polícia Militar, que confirmou que um dos rapazes envolvidos na briga ocorrida no centro da cidade foi a vítima do atentado. A PM diz que já identificou os suspeitos e está em rastreamento para efetuar as prisões.

 

Fonte: O Papel

 

 

COMPATILHAR: