Nesta segunda-feira (18), policiais federais da Delegacia de Divinópolis realizaram o cumprimento de mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça Federal na residência de E.B.S., desempregado, 41 anos, natural de Divinópolis, residente no bairro Bom Pastor.
Na residência do suspeito, foram apreendidos 24 cd?s e um HD do computador pessoal de E.B.S., contendo vasto material de conteúdo pedófilo. Desta forma, foi dada voz de prisão em flagrante delito ao acusado, sendo que ele foi conduzido até a delegacia de Polícia Federal em Divinópolis, onde está sendo lavrado o auto de prisão em flagrante delito por estar incurso nas penas do art. 241-b do Estatuto da Criança e do Adolescente.
Ao ser preso, E.B.S. declarou que irá denunciar várias pessoas de Divinópolis que faziam parte da rede e trocavam arquivos com ele.
Peritos criminais federais de Belo Horizonte analisaram pela manhã o computador do suspeito, no intuito de identificar quem seriam essas pessoas. Caso seja comprovado que E.B.S. também transmitia os arquivos, ele será indiciado no artigo 241-a do mesmo estatuto.
As penas podem chegar a 6 anos de reclusão. Após a lavratura do auto de prisão em flagrante, o suspeito foi encaminhado ao presídio Floramar.

Comentários