A Polícia Militar de Lagoa da Prata recebeu a informação, na quarta (7), de que dois suspeitos estariam dentro da casa de bombas do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), na Vila Mendonça, tentando furtar a fiação elétrica de uma caixa de passagem instalada no piso da unidade.

Na portaria do Saae, o sistema de câmeras denunciou a estranha ação que estava acontecendo na casa das bombas. Após isso, a PM foi acionada que, juntamente com uma equipe técnica do Saae, foi até o local averiguar o fato.

Quando as guarnições policiais se aproximaram, os indivíduos tentaram fugir pulando muros de imóveis nas imediações. A PM, então, realizou uma varredura e conseguiu prender um dos suspeitos. O outro autor foi encontrado em uma moita de espinhos, próxima à lateral do lote do estabelecimento.

Ao jornal lagopratense “O Papel”, foi informado que os dois indivíduos foram presos e que se tratam de figuras conhecidas no meio policial pela prática de furtos na cidade.

“Ambos foram presos em flagrante e conduzidos até a UPA de Lagoa da Prata e, posteriormente, até o quartel para registro do fato. Em seguida, esses indivíduos foram recambiados para a delegacia regional de plantão na cidade de Bom Despacho”, afirmou o tenente Luciano, da PM.

Prejuízos à cidade

Um funcionário da Saae, também afirmou que o abastecimento de água ficou prejudicado na manhã dessa quinta-feira (8), em pelo menos seis bairros. Até mesmo a construção de um novo reservatório que está em andamento precisou ser paralisada pela interrupção de energia.

“Tivemos a paralisação no serviço de fornecimento de água e prejuízo, o nosso reservatório novo que estava com prazo previsto de construção, infelizmente vai ter que ser adiado mais um tempo, por conta dessas atrocidades que vem ocorrendo aí no município”, comentou.

Além disso, o funcionário destacou que o furto de material elétrico tem ocorrido com frequência na casa das bombas.

“Aqui mesmo já é a terceira vez, nas elevatórias de esgoto também tem acontecido bastante, o que vem prejudicando também diretamente o meio ambiente”, afirmou ao jornal “O Papel”.

Fonte: Jornal Cidade

Comentários
COMPATILHAR: