Uma técnica de enfermagem foi morta pelo ex-marido enquanto trabalhava no plantão no Pronto-Socorro Municipal de Monte Carmelo, na noite de domingo (25) de Natal. O homem, que foi agredido por testemunhas, foi internado sob escolta policial.

Segundo a Polícia Militar (PM), o homem foi até o Pronto-Socorro e chamou pela ex, alegando que precisava conversar com ela. Ela saiu e o acompanhou até o outro lado da rua.

Quando chegaram perto do veículo dele, ele pegou uma faca e a atacou. A mulher conseguiu sair e correr de volta para dentro do Pronto Socorro, mas foi perseguida pelo ex.

Assim que entrou na unidade, o agressor foi contido e agredido por testemunhas que viram o ataque. Porém, ele se levantou e invadiu a sala de atendimento onde a mulher havia se escondido e continuou a esfaqueá-la.

Na tentativa de salvar a vítima, testemunhas conseguiram entrar na sala e golpearam o agressor com cadeiradas e socos, que caiu desacordado.

A mulher foi levada para para atendimento em uma sala ao lado, porém, não resistiu aos ferimentos. A faca usada no crime foi encontrada e apreendida. A perícia da Polícia Civil também compareceu.

Ainda segundo a PM, a cunhada da vítima contou que a mulher frequentemente reclamava que o ex a importunava e a ameaçava porque não aceitava o fim do relacionamento e, recentemente, descobriu que ela estava namorando novamente.

Fonte: G1

COMPATILHAR: