Nem Rafael Sobis, nem Marcelo Moreno. Quem decidiu a favor do Cruzeiro na vitória por 1 a 0 sobre o Náutico, nessa terça-feira (17), no estádio dos Aflitos, pela Série B, foi o atacante Thiago. Cria da base celeste, o jogador se emocionou após a partida.

Thiago voltou a marcar gol após mais de um ano. A última vez foi no dia 26 de julho de 2020, na vitória por 3 a 0 sobre a URT, pelo Campeonato Mineiro.

“Eu vinha de várias partidas sem marcar. É algo que fica dentro da gente. Quem fica ali no ataque sempre se cobra para fazer gol. Eu estava vindo de partidas em que tentava, tentava, mas ela não entrava. Ontem eu estava orando, agradecendo a Deus pela oportunidade de vir para mais um jogo, senti no coração que hoje esse jejum de balançar as redes. Graças a Deus, esse jejum pôde acabar hoje e consegui ajudar meus companheiros em um jogo tão difícil”, disse.

O atacante dedicou o gol ao filho e à família. “Quero dedicar esse gol ao meu filho que nasceu no dia do meu aniversário. É o meu maior presente, dedicar a ele e à minha família”, ressaltou Thiago, que revelou ainda o apoio de Rafael Sobis antes da partida. “O Sobis até me falou que hoje eu entraria e faria o gol”.

Foi a quarta vitória do Cruzeiro na Série B. O time celeste subiu para o 14º lugar, com 21 pontos, abrindo cinco de vantagem para a zona de rebaixamento.

Agora, o Cruzeiro volta a jogar na próxima sexta-feira, às 21h30, contra o Confiança, no Mineirão, na abertura do returno. A partida será marcada pela volta da torcida celeste ao estádio e pela estreia do árbitro de vídeo (VAR) na Série B. 

Fonte: Itatiaia

COMPATILHAR: