O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou nessa quinta-feira, por seis votos a um, mudança nas regras de divulgação de entrevistas com candidatos e pré-candidatos antes do período de campanha eleitoral – que começa no dia 6 de julho. A partir de agora, é permitido a pré-candidatos falar sobre seus projetos e plataformas de governo em entrevistas à imprensa.
O presidente do TSE, o ministro Carlos Ayres Britto foi quem propôs a proposta de mudança da resolução 22.178, que pôs fim ao artigo 24, que proibia falar sobre propostas de governo. Na discussão, somente o ministro Marcelo Ribeiro votou contra.
Os ministros decidiram criar um outro artigo permitindo até mesmo a exposição de plataformas de governo – respeitando, no caso de emissoras de rádio e TV, tratamento isonômico para pré-candidatos. Novo parágrafo foi acrescentado ao texto, ressaltando que eventuais abusos e excessos serão apurados e punidos conforme prevê a legislação eleitoral.

Comentários