Um carro invadiu uma rua uma multidão de Berlim, matando uma pessoa e ferindo pelo menos outras 30 na manhã desta quarta-feira (8), disse um porta-voz do Corpo de Bombeiros da capital alemã.

Além da vítima fatal, outras cinco pessoas estão em estado grave, afirmaram os bombeiros.

O ator John Barrowman, da série “Doctor Who”, presenciou o atropelamento. “Não parecia ser um acidente. Muitas pessoas estavam feridas no chão”, relatou à CNN.

Um suspeito de ser o motorista foi detido, mas a polícia ainda não informou se o atropelamento foi acidental ou proposital.
O incidente ocorreu perto do mercado de rua Kurfuerstendamm, onde, em 2016, um caminhão invadiu uma feira de Natal que acontecia na rua, matando 11 pessoas. O ataque foi cometido pelo tunisiano Anis Amri, que, após ter tido um pedido de asilo na Alemanha negado, sequestrou um caminhão, matou o motorista e jogou o veículo no mercado lotado.

Naquele ano e em 2017, a Europa sofreu mais de dez ataques similares, nos quais terroristas atropelaram centenas de pessoas em passeios públicos. O primeiro deles aconteceu em Nice, na França, onde, em julho de 2016, um caminhão invadiu a rua da praia do balneário francês, que estava fechada para carros e onde uma multidão celebrava o feriado da Queda da Bastilha, matando 84 pessoas. O Estado Islâmico reivindicou autoria do ataque.

No ano seguinte, homens também associados ao Estado Islâmico alugaram uma van e invadiram a Rambla, o principal passeio público de Barcelona, na Espanha. No total, 14 pessoas morreram no atentado. Só naquele ano, foram seis ataques do tipo.

Fonte: G1

COMPATILHAR: