Impulsionado pela estabilidade do dólar e pela chegada de novas marcas ao Brasil, o mercado de importados cresceu 6,9% em fevereiro, em relação a janeiro deste ano. Foram comercializadas 5.422 unidades, contra 5.073 em janeiro.
No acumulado do ano, a alta é de 168,7% em relação ao primeiro bimestre de 2009. Os dados, divulgados nesta sexta-feira (19), são referentes ao emplacamento das 22 marcas filiadas à Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos Automotores (Abeiva).
?O dólar abaixo dos R$ 2 aumenta a competitividade nos preços e diminui a diferença para os produtos nacionais?, afirma o vice-presidente da Abeiva, Paulo Sérgio Kakinoff. ?O mercado na faixa entre R$ 80 mil e R$ 100 mil é o que mais cresce no país. Nos últimos três anos, observamos o crescimento de 35% a 40%desse mercado?, complementa.
Em comparação com fevereiro de 2009, quando a entidade tinha apenas 14 filiadas, o crescimento é de 170,8%. Ao considerar somente essas marcas, houve um crescimento de 145,2% em fevereiro de 2010, em relação ao mesmo período do ano passado.
Até o final do ano a Abeiva projeta vender 80 mil unidades, um crescimento de 69% em relação a 2009, quando foram emplacados 42.294 unidades. ?Só a Kia Motors vendeu 4,3 mil unidades em fevereiro. Estimamos fechar o ano com, no mínimo, 50 mil unidades vendidas?, afirma o presidente da Kia Motors no Brasil e atual presidente da Abeiva, José Luiz Gandini. ?As associadas à Abeiva esperam que as vendas superem a projeção atual?, diz.

Comentários
COMPATILHAR: