Vendas da Páscoa deste ano têm pior resultado desde 2007, segundo a Serasa

Com a inflação elevada corroendo o poder de compra dos brasileiros, muitos consumidores deixaram para adquirir presentes de Páscoa

Com a inflação elevada corroendo o poder de compra dos brasileiros, muitos consumidores deixaram para adquirir presentes de Páscoa

As vendas da Páscoa de 2015 tiveram o pior resultado em oito anos, de acordo com o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio Páscoa 2015, mesmo com as promoções de última hora. No final de semana, entre os dias 3 e 5, as vendas subiram 3,2% no País na comparação com igual período de 2014 (de 18 a 20 de abril).

Na semana passada, de 30 de março ao dia 5, o crescimento foi nulo, ficando nos mesmos níveis de vendas ante o mesmo período de 2014 (de 14 a 20 de abril), conforme a Serasa. Na semana que antecedia o domingo de Páscoa do ano passado, houve alta de 1,6%. Foi o pior desempenho desde o início do indicador, em 2007, ressalta nota da entidade.
Somente no final de semana, houve retração de 3,1% no confronto com igual período de 2014.

Com a inflação elevada corroendo o poder de compra dos brasileiros, muitos consumidores deixaram para adquirir presentes de Páscoa nos últimos dias, à espera de promoções do comércio varejista, como constatou a Serasa.

Comentários

Sobre o autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Vendas da Páscoa deste ano têm pior resultado desde 2007, segundo a Serasa

Com a inflação elevada corroendo o poder de compra dos brasileiros, muitos consumidores deixaram para adquirir presentes de Páscoa.

Com a inflação elevada corroendo o poder de compra dos brasileiros, muitos consumidores deixaram para adquirir presentes de Páscoa.

 

As vendas da Páscoa de 2015 tiveram o pior resultado em oito anos, de acordo com o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio Páscoa 2015, mesmo com as promoções de última hora. No final de semana, entre os dias 3 e 5, as vendas subiram 3,2% no País na comparação com igual período de 2014 (de 18 a 20 de abril).

Na semana passada, de 30 de março ao dia 5, o crescimento foi nulo, ficando nos mesmos níveis de vendas ante o mesmo período de 2014 (de 14 a 20 de abril), conforme a Serasa. Na semana que antecedia o domingo de Páscoa do ano passado, houve alta de 1,6%. “Foi o pior desempenho desde o início do indicador, em 2007”, ressalta nota da entidade.

Somente no final de semana, houve retração de 3,1% no confronto com igual período de 2014.

Com a inflação elevada corroendo o poder de compra dos brasileiros, muitos consumidores deixaram para adquirir presentes de Páscoa nos últimos dias, à espera de promoções do comércio varejista, como constatou a Serasa.

Redação do Jornal Nova Imprensa Estado de Minas

Comentários

Sobre o autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.