O presidente da CPMI dos Atos Antidemocráticos, deputado Arthur Maia (União-BA), anunciou nesta terça-feira (3) que firmou um acordo para que a senadora Eliziane Game (PSD-MA) apresente o relatório no próximo dia 17 sem a realização de novas oitivas na semana que vem.

A discussão foi concluída com os líderes partidários na reunião da CPMI desta terça-feira. A previsão é que o parecer seja submetido à votação do colegiado, no dia 18, por conta da possibilidade de pedido de vista de parlamentares.

Arthur Maia detalhou que, após a leitura do parecer da senadora Eliziane Gama, os parlamentares de oposição ao governo terão 40 minutos para apresentar um voto em separado. O presidente da CPMI anunciou que não haverá pedido de vista, ou seja, não irá acatar mais tempo para analisar o relatório e não irá votar requerimentos durante a reunião do dia 18 de outubro.

O senador Izalci Lucas (PSDB-DF), que se considera independente, anunciou que irá apresentar um terceiro parecer. A previsão é que os relatórios sejam analisados pelo colegiado no dia 18 de outubro.

Fonte: Itatiaia

COMPATILHAR: