A Santa Casa de Caridade de Formiga com uma estrutura de 130 anos e único Prestador Hospitalar do Município de Formiga e microrregião e com serviço de Alta Complexidade de CTI Geral, Neonatal, Cirurgia Cardiovascular e Sala Vermelha para atendimento de urgência/emergência acolhendo assim, outros municípios da macrorregião Oeste, continua enfrentando problemas financeiros ao assumir as dívidas, principalmente, de gestões anteriores.

Um dos exemplos de maior valor é o Relatório de Auditoria de 20/11/2023 da Secretaria Estadual de Saúde referente ao período de 01/12/2012 a 31/12/2014, que constata inconformidades envolvendo recursos financeiros nos requisitos mínimos exigidos em contratos do Programa Estadual de Rede Resposta às Urgências e Emergências, no valor total de R$ 4.636.780,05 que deverá ser devolvido ao Fundo Estadual de Saúde.

É lamentável que as auditorias sejam realizadas depois de 10 anos, surpreendendo a Gestão atual com o comprometimento na busca de solução.

Em janeiro de 2023, foi identificado também, que recursos repassados na vigência de 27/12/2013 a 18/05/2015 para aquisição de medicamentos e outros materiais de consumo de CTI apresentou indícios de inconformidades com devolução de R$ 939.201,53 para o Fundo Estadual de Saúde, o que já foi assumido e parcelado para cumprimento legal.

Em agosto de 2023 a entidade foi punida no montante de R$ 1.116.791,38 por não atingir as metas pactuadas na Cardiologia Vascular, em função do pouco tempo de serviço habilitado, ausência de leitos para atender a demanda, justificativas que não foram acatadas pela SES/MG, fazendo cumprir a devolução que foi realizada no montante do valor total.

O compromisso da gestão é fazer o hospital desenvolver para garantir uma produção de serviços de saúde e atingir um percentual próximo de sustentabilidade. É aceitável que no período vigente da gestão o processo contratualizado seja auditado para qualificar a assistência prestada.

Desde agosto de 2018, quando a Gestão Executiva foi implantada, já foi pago o valor de R$ 7.308.482,41 de dívidas passadas e acordos trabalhistas.

A população tem conhecimento dos repasses das emendas parlamentares, das doações diárias da comunidade que com certeza colaboram em muito para a sobrevivência do hospital mas o inquietante cenário provocado pelas gestões anteriores permanecem assustadoramente rondando o planejamento financeiro atual.

Mais um ano findando de muito trabalho e dedicação dos 520 funcionários e 100 médicos. Seguiremos em frente, confiantes em Deus e na esperança de tempos melhores.

 

Formiga (MG), 05 de dezembro de 2023

 

 

Santa Casa de Caridade de Formiga

Myriam Araújo Coelho

Gestora Executiva

COMPATILHAR: