O Ministério da Saúde anunciou na última quinta-feira (29) que decidiu incorporar cinco novos medicamentos ao programa Farmácia Popular do Brasil, que disponibiliza remédios gratuitos para o tratamento de diabetes, asma e hipertensão em parceria com farmácias particulares.

A medida ocorre semanas após o governo federal anunciar um corte de 59% no orçamento do programa do ano que vem.

Com a iniciativa, os seguintes medicamentos contra doenças cardiovasculares, diabetes e insuficiência cardíaca foram incorporados:

  • Besilato de Anlodipino 5 mg (hipertensão arterial/gratuidade)
  • Succinato de Metoprolol 25 mg (hipertensão arterial/gratuidade)
  • Espironolactona 25 mg (hipertensão arterial/gratuidade)
  • Furosemida 40 mg (hipertensão arterial/gratuidade)
  • Dapagliflozina 10 mg (diabetes mellitus tipo 2 associada a doença cardiovascular/modalidade de copagamento, quando o usuário paga parte do valor)

Segundo a pasta, os remédios ficarão disponíveis daqui a 30 dias. A portaria que estabelece a incorporação dos medicamentos foi publicada nesta sexta-feira (30) no Diário Oficial da União.

Ainda segundo o Ministério da Saúde, a estimativa é que 2,7 milhões de pessoas sejam beneficiadas com os novos medicamentos do programa.

 

Fonte: G1

 

Comentários
COMPATILHAR: