Ao menos 13 pessoas morreram, incluindo sete crianças, em um tiroteio em uma escola na região central da Rússia (Izhevsk) nesta segunda-feira (26), anunciaram os investigadores ao divulgar um balanço atualizado do ataque. O atirador cometeu suicídio.

“Treze pessoas, incluindo seis adultos e sete menores de idade, morreram neste crime”, afirmou em um comunicado o Comitê de Investigações da Rússia. A nota informa ainda que 14 crianças e sete adultos ficaram feridos.

Alguns minutos antes, o governador da região, Alexander Brechalov, anunciou em um discurso emocionado que entre as vítimas estavam crianças. O ataque aconteceu na escola n°88 de Izhevsk. O governador afirmou que “uma pessoa não identificada” entrou no centro de ensino, matou um segurança e abriu fogo contra as crianças.

“A operação de retirada terminou e o perímetro está isolado”, disse Brechalov no vídeo divulgado no Telegram. Ele também informou que a Guarda Nacional da Rússia, o FSB (Serviço Federal de Segurança) e as autoridades responsáveis pela investigação estão no local.

Izhevsk é uma cidade de quase 650.000 habitantes, capital da república de Udmurtia, que fica na região central do país, ao oeste dos Montes Urais, que divide a parte europeia da parte asiática da Rússia.

Fonte: O Tempo

Comentários
COMPATILHAR: