O presidente da República Jair Bolsonaro (PL) apresentou à Procuradoria-Geral da República (PGR) uma representação mirando o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal (STF), nesta quarta-feira (18). A informação foi divulgada pela coluna de Bela Megale, do O Globo.

Na ação para a PGR, Bolsonaro sustenta a mesma acusação de abuso de autoridade contra Moraes, argumentando que o ministro realizou “sucessivos ataques à democracia, desrespeito à Constituição e desprezo aos direitos e garantias fundamentais”.

Um pouco mais cedo nesta quarta, o relator do caso no STF, ministro Dias Toffoli, rejeitou o pedido do chefe do Executivo federal, feito na noite da terça-feira (17). Ainda nesta peça apresentada pelo advogado de Bolsonaro, são enumerados itens da notícia-crime encaminhada ao Supremo.

A ação cita, entre outras coisas, a “injustificada investigação no inquérito das Fake News, quer pelo seu exagerado prazo, quer pela ausência de fato ilícito e por não permitir que a defesa tenha acesso aos autos”.

 

 

Fonte: O Tempo

Comentários