Há mais de 20 horas, os bombeiros tentam resgatar um homem que está preso no fundo de uma cisterna na Região Metropolitana de Belo Horizonte.
Na manhã de segunda-feira, o cisterneiro José Francisco da Silva, 63, trabalhava na retirada de lama do poço, quando, por volta das 10h, sua perna ficou presa por uma pedra. Segundo os bombeiros, Silva está preso a cerca de 25 metros de profundidade, com água pela cintura.
Ainda de acordo com os bombeiros, o trabalhador está consciente e seu estado de saúde é considerado bom. Durante a madrugada desta terça-feira, a vítima tomou água de coco e suco. Pela avaliação dos bombeiros, o ar dentro da cisterna ficou comprometido e precisou ser controlado com a ajuda de balões de oxigênio.
O operário, segundo o os militares, está preso apenas pelos pés, porque outra manilha caiu enquanto o resgate acontecia. Cerca de 35 homens do Corpo de Bombeiros trabalham no resgate, com a ajuda de vários equipamentos, mas até 9h, ainda não havia progresso na retirada de Silva.

COMPATILHAR: