O sonho de ter mais uma tatuagem marcada no corpo se transformou em terror para uma inglesa de 20 anos. A imagem cravada na pele começou a apodrecer e ela acusa o tatuador de ter feito o serviço malfeito e sem a higiene necessária. O caso foi tão sério que a jovem pensou que fosse morrer.

Tudo começou quando Suraya Khan decidiu tatuar a palavra “alone” – com um coração no lugar da letra O, que traduzindo para o português significa sozinha -, no braço. Ela tentou agendar um horário com o profissional que havia feito as outras tatuagens nela, mas como a agenda do tatuador estava cheia, decidiu arriscar e fazer com outro profissional.

A decisão, contudo, não foi acertada. “O artista era sujo”, declarou a um jornal inglês. Em vídeo postado no TikTok, Suraya mostra a evolução dos danos provocados no braço dela. Primeiro o local inchou, depois formou-se uma ferida, com crostas sobre a tinta. Um abscesso começou a vazar, sangue jorrou e parte das tintas iam saindo da bandagem. Suraya conta que não conseguia mover os braços.

Depois de tanto sofrimento, e temendo uma sepse (infecção na corrente sanguínea), ela procurou atendimento médico. A infecção no braço foi revertida após duas semanas de tratamento com uso de antibiótico. Cerca de seis meses depois, ela refez a tatuagem – com outro profissional – na área que estava irregular.

Fonte: O Tempo

COMPATILHAR: