Serra da Saudade, no Centro-Oeste de Minas, encerrou na terça-feira (20) a coleta de dados do Censo Demográfico 2022, e teve um aumento de 8,4% da população. Com esse percentual, a cidade pode perder o título de menor do país. A informação foi divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estáticas (IBGE) nesta sexta-feira (22). O censo começou em todo o país no dia 1º de agosto.

O município foi o primeiro da região a concluir o censo antes de novembro, que era o mês previsto pelo IBGE para o fim da coleta de dados em todo o país. Em Minas, o levantamento também foi finalizado em Arantina, na Zona da Mata, e Aguanil, no Sul do estado.

Desde 2013, o município é o menor do Brasil. Até 2020, a população em Serra da Saudade era estimada em 776 habitantes.

Entretanto, uma estimativa do IBGE do ano passado apontava Borá, em São Paulo, com 839 habitantes, e a segunda menor do Brasil. Com o crescimento verificado na coleta de dados deste ano, Serra da Saudade pode perder o título de menor cidade do país.

A previsão é que os dados finais do Censo 2022 sejam divulgados até o fim do ano.

Único recenseador

“Sempre gostei de seguir o censo, saber sobre a importância das necessidades do povo brasileiro”, contou Ludigerio Lopes, que foi o único selecionado para coletar os dados do Censo Demográfico em Serra da Saudade. Em agosto, o falou sobre a experiência de coletar os dados na menor cidade do país.

“Sempre gostei de seguir o censo, saber sobre a importância das necessidades do povo brasileiro, através dele temos uma boa noção de como realmente o caminho que o Brasil está seguindo, em todas as áreas, como educação, saúde, saneamento básico, renda, dentre vários outros aspectos”, acrescenta.

Censo Demográfico

O IBGE estima que existam cerca de 75 milhões de domicílios nos 5.568 municípios do país. A pesquisa nacional é realizada a cada 10 anos e, com base nesse cronograma, deveria ter sido feita em 2020.

O Censo Demográfico foi adiado, inicialmente, em razão da pandemia de Covid-19. Em 2021, teve novo adiamento por falta de orçamento. Até o início de novembro, os recenseadores visitarão cada um dos domicílios do país, incluindo aldeias indígenas.

Além disso, pela primeira vez, os moradores de territórios quilombolas serão contabilizados. A coleta domiciliar nas áreas indígenas começa em 10 de agosto. A dos territórios quilombolas, em 17 de agosto.

Segundo o IBGE, os primeiros resultados do Censo Demográfico 2022 estão previstos para serem divulgados ainda no final deste ano. Outras análises e cruzamentos de dados serão divulgados ao longo de 2023 e 2024.

Serra da Saudade

Fundada em 1.963, Serra da Saudade tem a extensão territorial da capital mineira, Belo Horizonte. Com 350 km de extensão, a cidade compreende um cenário de serras e vales.

O portal g1 acompanha os números referentes à população do município desde 2013. Na época, a reportagem visitou a cidade, que na ocasião, tinha 825 pessoas. Em 2014, o número caiu para 822 moradores; em 2015 para 818. No ano seguinte, nova queda registrada: população de 817 habitantes. Em 2019 a população era de 781 e desde 2020 está em 776, queda de 0,64% em relação a 2019.

Fonte: G1

Comentários
COMPATILHAR: