As fortes chuvas ocorridas nos últimos dias têm provocado sérios transtornos em alguns bairros da cidade. Na manhã de quarta-fera, 30/01, por volta das 06h00min os moradores da Rua Américo Gontijo, no bairro Vargem Grande, foram surpreendidos com um deslizamento de terras que derrubou uma residência e provocou alagamento em outra. Segundo moradores que não quiseram se identificar, a causa provável do deslizamento foi o acumulo de lixo que provoca o entupimento das canaletas laterais da linha férrea tendo como causa, a falta de manutenção preventiva. A somatória do desleixo de alguns (falta de manutenção) e de educação de outros (os que atiram lixo nos terrenos baldios no entorno da ferrovia), por pouco não causaram uma tragédia que só não ocorreu porque no momento não havia ninguém no interior da casa, totalmente destruída pela avalanche. ?Moço a água que deveria escoar pelas canaletas não encontrando saída, passa sobre a linha férrea e aí acontece isto que você está vendo. A coisa poderia ser muito pior, a locomotiva havia acabado de passar e a terra cedeu. Era para ter descido tudo para cima das outras residência vizinhas. A sorte é que a moradora desta casa se mudou há poucos dias, e não havia ninguém na casa. Outra coisa é a locomotiva que estava voltando de Lavras, se nós moradores não tivéssemos conseguido falar com o maquinista e pará-la lá atrás, ela provavelmente, teria caído neste desbarrancado?, disse um morador ainda atônito com o que acabara de presenciar. Na mesma rua, no número 115, a moradora Nilza de Oliveira Souza teve neste início de ano, a sua residência invadida pelas águas das chuvas pela segunda vez. Na primeira o seu filho caçula teve que fazer pequenos buracos na lateral da casa para que a água pudesse escoar do interior da mesma. Nesta manhã a água voltou a invadir sua residência provocando ainda mais prejuízos, já que no interior da casa havia alguns sacos de cimento adquiridos para que fosse construído um muro nos fundos de casa.
Mais problemas
O Rio Formiga que até o momento ainda não havia dado o ar da graça (cheia), desta vez mostrou sua cara e em frente ao parque de exposições e transbordou, inundando parte da avenida. Segundo um morador que estava próximo ao local o transbordamento pode ter sido causado por um enorme banco de areia que existe no leito do rio. ?Nos anos anteriores quando era feita a limpeza do leito do rio estas coisas não aconteciam, isso (banco de areia) atrapalha a passagem da água, só o pessoal da prefeitura não viu isto ainda?, finalizou o morador.


Toneladas de barro invadiram residências e se espalharam pela via pública

Lixo acumulado na canaleta causou o transbordamento

As duas pistas da Av. Tabelião Juca Almeida na altura do Parque de Exposições foram invadidas pelas águas do rio Formiga

Comentários
COMPATILHAR: